Make, Coisa e Tal - www.makecoisaetal.com.br
CABELOS
Segunda - 28 de Julho de 2014 às 06:30
Por: Tina Szabados

    Imprimir


Keraton Color 8.34 - louro dourado acobreado
Keraton Color 8.34 - louro dourado acobreado

Quem me acompanha sabe que tenho o cabelo naturalmente claro. É um tom de loiro médio - meio dourado, meio acobreado, que vai clareando do meio dos fios e chega às pontas bem clarinho e sai nas fotos mais para o ruivo ou mais para o loiro, dependendo da luz (na luz amarelada fica ruivo. Na luz branca, fica loiro). Ou seja: um cabelo chato de pintar em casa. Seja porque ele não é todo igualzinho no tom da raiz até às pontas, seja porque - aqui no Brasil - não há, por parte das fabricantes de colorações, o hábito de por no mercado tinturas com o tom do ruivo natural. Quando a mulherada ruiva natural começa a ter cabelo branco, é um 'Deus nos acuda' para encontrar uma coloração que cubra os fios brancos, sem deixar o cabelo vermelho, vinho, ou laranja...


Meu cabelo natural: tom mais para o ruivo na luz natural amarelada e mais para o loiro na luz natural branca.

Foi exatamente isso que aconteceu comigo... Fui em busca do ruivo perfeito e acabei voltando para casa com um tonalizante 7.40 que parecia ser a solução para os meus cabelos brancos. Passei e o cabelo mudou completamente o tom: ficou bem mais escuro na raiz e em um tom de cobre avermelhado nas pontas. Natural? Nem um pouco! (apesar da cor não ter ficado feia...)


Essa foto é do tutorial da maquiagem que estou usando nos olhos. Por isso o olhão, ok? =) Coloquei essa imagem porque foi feita no mesmo dia que pintei o cabelo com o tonalizante ruivo 7.40. O post sobre essa maquiagem tá aqui Repararam como o cabelo ficou um ruivo mais avermelhado?

Mas eu queria algo mais para o natural mesmo. Já pintei o cabelo de quase todas as cores que você possa imaginar - até de ruivo acobreado super intenso - aquele mais para o laranjão, sabe? A Kert me enviou a coloração 8.34 (loiro claro dourado acobreado) para testar. Apesar de ser um tom mais claro do que meu cabelo natural (o meu é 7.34), resolvi fazer o teste e mostrar para vocês.

VEJA TAMBÉM:

Cabelos quimicamente tratados x massa capilar

Como conseguir cabelos em tom de ruivo acobreado intenso

linha Imédia Excellence Californianas e Ombré Hair. Eu quero!

Densifique Kérastase: novidade que promete 1700 fios novos em até três meses

Antes de pintar, foi necessário fazer uma decapagem (clique aqui para ler o post sobre a decapagem feita em casa) para retirar os pigmentos do tonalizante ruivo anterior (que deixou meu cabelo mais escuro). Tina, por que você não passou logo a tinta por cima? Porque tinta não clareia tinta. Isso significa que, se você passar uma coloração mais clara por cima de outra escura, a mais clara não pega. Ou melhor, só pega onde há raiz (e o cabelo está sem tinta). Resultado: cabelo manchado... 


Desculpem a cara de sono e completamente sem maquiagem. É que acordo às 6 da manhã para escrever os posts e fotografar parte das imagens deles. Então, a cara de sono é inevitável! Como o post é sobre cabelos, não rolou make. Mas foca no tom do cabelo que fica tudo bem =) Aqui, o cabelo ainda com o tonalizante 7.40, que deixou os fios avermelhados.


Nessa outra imagem, o cabelo após a decapagem - já sem vestígios dos pigmentos avermelhados e praticamente cru para receber a nova coloração.

Sempre que você precisar aplicar uma coloração mais clara e estiver com os fios tingidos com uma coloração mais escura, terá que remover a primeira tintura. O mesmo acontece quando os tons do cabelo são opostos. Por exemplo: quando você pintou o cabelo de ruivo no inverno e quer mudar para o loiro platinado no verão. O vermelho e o laranja (do cobre, por exemplo) são opostos ao cinza do platinado. Um tom sobre o outro se anula. Se você só jogar o loiro platinado em cima do ruivo, esse platinado não vai ficar 100% porque o tom ruivo não vai deixar ele 'brilhar' sozinho, entende?



Na caixinha da tintura que o pessoal da Kert enviou, veio a ox da marca de 20 volumes. Mas resolvi usar outra oxigenada, da mesma marca, só que de 30 volumes - para abrir mais a cor e deixar o ruivo bem vivo. Além da oxigenada, a caixinha também veio com a luva plástica pra ser usada na hora da aplicação do produto.

As tinturas profissionais - como essa da Kert, devem ser misturadas em um pote plástico e aplicadas no cabelo, imediatamente depois da mistura ficar pronta, com a ajuda de um pincel. Primeiro, coloque no pote a tintura:



Depois, coloque no pote a oxigenada:


Misture tudo até que fique com uma consistência bem homogênea e aplique.



Segundo o fabricante, o Keraton Color age de fora para dentro da fibra capilar protegendo-a da perda da elasticidade, deixando os cabelos mais macios, maleáveis, saudáveis e brilhantes. Começo a aplicação pelas pontas e evito prender os fios no alto da cabeça para não correr o risco de manchar o cabelo pelo depósito excessivo de tintura em uma determinada parte. O tempo de pausa é 40 minutos. Após o enxague (que costumo fazer com água morna para retirar bem os vestígios de tinta), uso shampoo com PH neutro (aquele de neném, sabe?) e condicionador. E fica assim:


O super cobiçado "ruivo ginger" - o ruivo natural - foto feita em luz natural (luz do dia)

DICA: Notaram como as sobrancelhas também ficaram ruivas? Eu pintei com a mesma mistura que passei no cabelo. Aplico com um cotonete para ficar certinho em cima dos fios da sobrancelha e não escorrer. O tempo de pausa do produto na sobrancelha é bem menor. Como tenho os fios da sobrancelha claros e ralos, deixo a coloração apenas 15 minutos. Mais do que isso, fica laranjão. O mesmo vale para a tinta loira. Se você deixar tempo demais, vai ficar com sobrancelhas de alemão, haha!

Parte de cima do cabelo, no mesmo tom das pontas - foto feita em luz natural (luz do dia)

O ruivão em detalhes e com luz direta - foto feita em luz natural (luz do dia)


Detalhe que faz diferença: imagem à esquerda o ruivo avermelhado de antes e a nova cor - um cobre mais aberto e mais puxado para o laranja.

E aí, gostaram da transformação? Eu amei! O Keraton color é vendido em lojas especializadas em produtos para cabeleireiros e cada caixinha custa R$17

P.S.: Produto enviado pela assessoria de imprensa da marca. A resenha é sincera baseada na experiência de uso do produto, ok?





Autor

Tina Szabados
contato@makecoisaetal.com.br

Tina Szabados - Jornalista por formação. Blogueira por acaso. Carioca, mãe de dois anjos azuis (TEA - Transtorno do Espectro Autista) e quarentona.

Comentários (pelo Facebook)

URL Fonte: http://www.makecoisaetal.com.br/noticia/166/visualizar/