Make, Coisa e Tal - www.makecoisaetal.com.br
CUIDADOS E BEM ESTAR
Terça - 02 de Dezembro de 2014 às 04:27
Por: Tina Szabados

    Imprimir


Ontem, dia 01/12 foi o Dia Mundial de Luta contra a AIDS e, para ajudar a conscientizar as pessoas sobre o assunto, a M.A.C apresentou um documentário, financiado pela marca, sobre três jovens que foram impactados com o HIV de maneiras super diferentes. Pra quem não sabe, a M. A.C tem uma fundação voltada à ajudar homens, mulheres e crianças afetadas pelo HIV/Aids, a M.A.C AIDS Fund, que oferece suporte financeiro à organizações que trabalham com regiões e populações carentes. 

Disponível em todo mundo desde segunda-feira no Netflix e SnagFilms, "It's Not Over" (Não está Acabado, traduzido para o Português) foi dirigido pelo americano Andrew Jenks, que visitou a Índia, África do Sul e Estados Unidos e teve a experiência de ver de perto como a doença é tratada nesses locais. 

Eu não estive no lançamento do documentário - que rolou Em São Paulo. Mas já assisti pelo Netflix e posso dizer que é um documentário muito emocionante. Ele nos faz pensar até nas menores coisas da vida da gente e até nos leva a agradecer a Deus por estar bem, por estar saudável. Ver crianças infectadas, sem cura, sem tratamento, é muito complicado. Mas, por outro lado, nos faz encarar a realidade de um problema. Muitas pessoas precisam entender a importância de evitar a contaminação pelo vírus, a se cuidar...

"Os jovens podem acabar com esta epidemia, mas para envolver e motivá-los em direção a esse objetivo, precisamos reconhecer que a era das PSAs [Síndrome da excitação sexual persistente] está desaparecendo e hoje existem muitas formas de detectar o vírus e tratá-lo. Nós precisamos tornar os jovens parte da solução, o que propusemos com este filme", afirmou Nancy Mahon, Diretora Executiva Global da M.A.C AIDS Fund. "It's Not Over" representa a última ousada estratégia da fundação de como nós engajamos jovens de maneiras impactantes e diferentes para acabar com a epidemia da Aids."

Para levantar fundos de ajuda à organizações de assistência à populações carentes, a M.A.C utiliza, principalmente - a venda dos batons e produtos da linha Viva Glamque tem 100% dos lucros revertidos para a causa. A linha já contou com o apoio de celebs como Lady Gaga, Miley Cyrus, Rihanna, Nicki Minaj, Cindy Lauper, entre outros.

TRAILER DO DOCUMENTÁRIO


SOBRE A MAC AIDS FUND:

A MAC AIDS FUND, o coração e a alma da MAC Cosmetics, nasceu em 1994 para suportar homens, mulheres e crianças afetadas pelo HIV/AIDS mundialmente. A MAC AIDS FUND é a pioneira em fundos para o HIV, oferecendo suporte financeiro a organizações que trabalham com regiões e populações carentes. Recentemente reconhecida pela Funders Concerned About AIDS como a maior empresa doadora da área, MAC AIDS Fund tem o compromisso de abordar a relação entre pobreza e HIV apoiando diversas organizações ao redor do mundo que oferecem ampla gama de serviços para pessoas que convivem com o vírus. Até hoje a MAC AIDS Fund já arrecadou mais de $340milhões de dólares exclusivamente atraves da venda de batons e glosses da linha Viva Glam, que tem 100% da renda revertida para as instituições que lutam contra o HIV/ AIDS.
Para mais informações acesse: www.macaidsfund.org e
itsnotoverfilm.com





Autor

Tina Szabados
contato@makecoisaetal.com.br

Tina Szabados é graduada em Jornalismocom especialização em Comunicação Empresarial pela Universidade Cândido Mendes. É coordenadora de Comunicação na empresa Enfática Comunicação & Marketing, tem 38 anos e é mãe de um garotão de 11 anos de idade e de um bebezão de dois anos! Apesar de já ter trabalhado em várias áreas da comunicação, é fascinada pela imprensa feminina, onde atua como editora no site Make, Coisa e Tal.

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://www.makecoisaetal.com.br/noticia/229/visualizar/